CHEFS E ORADORES

Fábio Moon

Fábio Moon

Blogger

Fábio Jae Kyu Moon é um fenômeno entre as contas do Instagram relacionadas a gastronomia. Não só pelo número de seguidores, mas pelo rol de partilhas que as suas fotos bem feitas em suas visitas aos melhores restaurantes do mundo, e a credibilidade de suas indicações! Fábio já visitou mais de 5.000 restaurantes em todo o mundo e junto com um tio passou um mês na Europa a comer em restaurantes do Guia Michelin. Uma referência que já levou dezenas de restaurantes do anonimato aos estrelato em varias partes do mundo.

Chakall

Chakall

Cozinha Divina

Um nome que dispensa apresentações e repete a sua apresentação da edição anterior. Um dos amigos do evento e dos sabores de Vagos não quis perder a oportunidade de regressar “a melhor praia do mundo”.
Chakall nasceu em Tigre, Buenos Aires, em 1972. É filho de cinco culturas (tanto quanto ele sabe), com pais de origem galega, suíço-alemã, basco francês, italiana e indígena do Norte da Argentina. Estudou jornalismo na Universidad del Salvador, no entanto, do Pólo Norte ao Cabo das Agulhas, Chakall foi descobrindo a paixão e segredos de cozinha.
Um viajante apaixonado pela culinária que escolheu Portugal como base de lançamento de uma vida bem condimentada.
O turbante e o forte sotaque argentino fazem parte da imagem de marca de Chakall, também conhecido por valorizar produtos biológica, entre outros princípios eco-friendly. É ainda autor de vários livros de receitas e lidera diversos programas televisivos.
Um apaixonado pela cozinha e pelos países que percorre. Um Chef que cozinha e viaja com paixão.

Daniel Cardoso

Daniel Cardoso

Le Moustache Sir, Armazéns da Alfandega

Um boné, um bigode inigualável, e um gosto peculiar por cozinha de fumados. Assim poderíamos definir gastronomicamente Daniel Cardoso, o senhor Le Moustache.
Daniel é responsável por coisas tão simples e extraordinárias como organizar um crowdfunding para abrir um restaurante - Le Moustache Smokery e aí fumar todos, mas todos os pratos – desde o bacalhau, à cavala ou ao carapau - com madeiras de vários sabores, adaptando ao nosso país esta técnica norte-americana.
Para trás, ficaram a participação no Masterchef, a carreira de técnico de vendas ou a vida atrás dos balcões do Deutsche Bank. Hoje, o Daniel dedica-se ao seu novo grande amor, o restaurante Armazém Da Alfândega, em Aveiro.

Chef Tiago Bonito

Chef Tiago Bonito

Casa Calçada, Amarante, *Michelin

Tiago Bonito, 30 anos, foi o chef executivo da Pousada de Lisboa – Terreiro do Paço, uma infraestrutura com abertura confirmada para o dia 1 de junho. Vencedor do concurso "Chefe Cozinheiro do Ano" em 2011 e distinguido com o "Troféu Inovação 2011" no mesmo concurso, Tiago Bonito possui diversos curso especializados no seu curriculum vitae, como a formação com o mestre francês Alain Ducasse, assim como cursos de gastronomia molecular e de pastelaria. O agora chef executivo da Pousada de Lisboa foi também membro da equipa Olímpica Nacional Júnior de Culinária entre 2006 e 2008 e estagiou no restaurante Vila Joya, com duas estrelas Michelin, no Algarve, no restaurante Alinea, em Chicago, com três estrelas Michelin, e no restaurante D.O.M., no Brasil, sendo que os dois últimos ocuparam o 7.º e o 4,º lugar, respetivamente, no guia "The World's 50 Best Restaurantes 2012". Em 2007 Tiago Bonito integrou a equipa do VIP Grand Lisboa Hotel & Spa, primeiro como chef de Partida e depois como subchef e em 2009 rumou ao Tróia Design Hotel como subchef executivo de Cozinha. No ano de 2010 Tiago Bonito mudou-se para o Algarve, assumiu a função de subchef executivo de cozinha do Vilalara Thalassa Resort, onde, mais tarde, passou a chef executivo, tendo sido esse o seu cargo até integrar o Grupo Pestana Pousadas.
Foi considerado, em 2016, Chefe Revelação do Ano pela Guia Boa Cama Boa Mesa.

Joe Best

Joe Best

Chef - DaCozinha

É um dos padrinhos do VSG e amigo da Praia da Vagueira. Criador das suas próprias receitas e regras de cozinhar, na sua forma mais empírica, autodidata, estudioso e curioso de todo o universo da comida, sempre na procura de novas criações a partir de ingredientes que movem e despertam paixões, mas também na busca incessante de proteínas, ervas, raízes, frutos e vegetais mais desconhecidos do grande público. Procura a excelência na arquitetura do sabor.
Sem cursos superiores nem formação específica para lá de barman e empregado de mesa, estabeleceu com a cozinha, na década de 90, uma relação de profunda paixão e entrega, criando assim a sua segunda pele. Regressou à escola aos 44 anos para lhe serem averbadas competências na área, conseguindo que as mesmas fossem certificadas com diploma legal, vendo assim reconhecido o seu árduo trabalho de 30 anos em prol do bom serviço e gastronomia, para nacionais e estrangeiros.
Se gostar muito de um prato de outra pessoa, reproduz a sua visão do mesmo sem nunca esconder de onde bebe a inspiração do momento.
Como diz um amigo – “Joe, tens uma panela de pressão no cérebro!”

Luca Bordino

Luca Bordino

Apesar da sua juventude conta já com uma vasta experiência e muitas aventuras pelo mundo da Gastronomia. Formado na Escola de Hotelaria de Lisboa, trabalhou na Quinta dos Frades com Igor Martinho, antes de se dedicar durante alguns anos á Cozinha Divina, com Chakall. Passou pelo Ritz Carlton Penha Longa Resort antes de uma aventura o levar a Chefia do BOCA, primeiro restaurante Português em Singapura, um excelente trabalho que foi muito reconhecido em Portugal e no Oriente. O seu prazer pela Aventura levou-o a novas descobertas e tem passado os últimos anos a levar a Gastronomia Portuguesa aos Mais Variados países Indonésia, Filipinas ou Nova Zelândia.

Leonor Martins

Leonor Martins

A pequena Leonor vive em Aveiro com a mãe; com 7 anos começou a cozinhar para ajudar a mãe. A primeira coisa que cozinhou foi massa. Foi a 3.ª classificado do MasterChef Júnior e ficou conhecida pelo seu talento. Vai integrar um momento na cozinha do Vagos Sensation Gourmet que pretende aliar duas gerações bem distintas.

António Loureiro

António Loureiro

A Cozinha, Guimarães

Também é um regresso ao Vagos Sensation Gourmet, mas agora com um projeto próprio A Cozinha, em Guimarães, que se propõe centra-se no essencial: “a qualidade dos produtos e do serviço”. Após ter acumulado experiências profissionais em restaurantes com Estrelas Michelin (Belcanto, The Kitchin, Azurmendi) e em cadeias hoteleiras (Pousadas de Portugal, Solverde, Meliã) – que culminaram na conquista do título de Chefe Cozinheiro do Ano em 2014 –, decidiu regressar à terra onde nasceu e cresceu.

Filipe Leonor

Filipe Leonor

Tuga Concept

Filipe Leonor é um jovem Chefe de Cozinha de 25 anos de idade, Licenciado em Produção Alimentar em Restauração e Mestrado em Inovação em Artes e Ciencias Culinárias, pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Apesar da sua juventude, conta já com uma vasta experiência em Cozinha. Durante o seu trajeto profissional, passou por varias experiências distintas em cozinhas como 1300 taberna, Grupo Ibersol, Hotel Ritz Charlton Penha Longa, Hotel Cascais Miragem ou Belcanto (2*Michelin). Mas foi no trabalho desenvolvido na cozinha experimental do The Fat Duck (3*Michelin) em Inglaterra, do famoso Chef britânico Heston Blumenthal, que despertou toda a sua paixão pelo mundo da gastronomia, descobriu a ciência na cozinha e ganhou a sua identidade muito própria enquanto cozinheiro. Chefiou a cozinha da Taberna Andaluz, no Barreiro e atualmente é Chef de Desenvolvimento de Produto na Mellow, uma máquina que promete revolucionar o mundo da Gastronomia doméstica. Gosta pouco do título de Chefe, prefere antes identificar-se como líder e entende cada refeição como uma experiência multissensorial.Foi um dos finalistas do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano 2016 e é também professor convidado na Escola Superior de Hotelaria do Estoril, no Mestrado de Inovação em Artes e Ciências Culinárias.

Chef Arnaldo Azevedo

Chef Arnaldo Azevedo

Hotel Teatro

Nasceu entre tachos e frigideiras, começou a cozinhar cedo e é um apaixonado por peixes e mariscos. Com apenas 28 anos, Arnaldo Azevedo é já uma referência no panorama gastronómico nacional. No seu currículo soma passagens pelos restaurantes do Hotel Sheraton Pine Cliffs, Mesa e Amadeus.
Atualmente é chefe executivo no Hotel Teatro, no Porto, onde executa uma cozinha de autor baseada no produto português e nos sabores mais tradicionais.
Repete a sua presença no Vagos Sensation Gourmet mas promete muitas novidades.

Chef Luís Miguel Barradas

Chef Luís Miguel Barradas

Quinta Tagus

Estudou Jornalismo em Setúbal mas foi na sua estadia em Inglaterrra que fez o Curso de cozinha francesa Nivell 2 no Westminster College, Londres com a duração de 2 anos, que entrou no mundo da cozinha. Especializou-se em técnicas de sushi e sashimi no restaurante japonês Suntori, STJames street, Londres. Já em Portugal tirou o curso de Formação Avançada em Gastronomia Molecular no Instituto Superior de Agronomia. Passou como Sous-chef no restaurante de sushi-kaiten K-10-Modern Japanese Cuisine onde coordenava uma equipa de 15 chefes e ajudantes divididos pelas várias secções: corte de peixe, saladas, sushi, sashimi, cozinha quente tempura e yakitori. Passa para Head-cheaf-restaurante Matsuri, Sushi-man no restaurante Assuka.
Desenvolveu trabalho como Chefe consultor do restaurante japonês Gosho no Porto e é consultor/Projetista tendo como clientes os Restaurantes “JAPA” , “Estado Liquido” e “New Wok”. Nos últimos anos dedicou o seu tempo a investigação no GRUPO SEA ME e no novo desafio na Quinta do Tagus Park.

Chef Diogo Rocha

Chef Diogo Rocha

Mesa de Lemos, Viseu

Nasceu em 1983, em Canas de Senhorim, na região de Viseu. Desde cedo foi parar à cozinha profissional, por vocação. E descobriu que era o que queria fazer para o resto da vida. Na decisão de seguir o curso de cozinha, teve o apoio do Chef Vitor Sobral que não lhe deixou margem para dúvidas e o encaminhou bem cedo para a necessidade absoluta de estudar. Num percurso brilhante e cheio de realizações tirou o curso de Cozinha e Pastelaria, em Coimbra, a licenciatura em Produção Alimentar e Restauração, no ESTHE, e está neste momento a finalizar a tese sobre produtos da Serra da Estrela no mestrado em Sustentabilidade de Turismo.
Profissionalmente passou por projetos tão diversos como o Encontrus Catering, Terreiro do Paço, Villa Joya e Valle Flor. Em 2008 entra para o grupo Dão Sul e, um ano depois, assume a chefia executiva de todo o grupo com 3 espaços de restauração: Quinta de Cabriz, Quinta do Encontro e Paço dos Cunhas de Santar. Desde 2009 faz parte do corpo docente da Escola Superior de Turismo de Seia, dando a cadeira de Gastronomia e Enologia. Assume hoje o projeto do restaurante da Quinta de Lemos, o que lhe permite expor a sua proposta culinária de cozinha: regional em plena comunhão com as novas técnicas, num espaço de excelência e em perfeita harmonia com os vinhos da casa.
É um dos embaixadores do evento, e Vagos e a Vagueira ficaram rendidos à sua apresentação em 2015, prometendo este ano, um novo momento surpreendente.

Luís Lavrador

Luís Lavrador

Seleção Nacional do Futebol

Luís Lavrador é oriundo de Mira. Diz que prefere ser cozinheiro a ser chefe e que a sua maior virtude é “ser extraordinariamente livre”. Exerceu a sua formação académica em Cozinha/Pastelaria, realizada na Escola de Hotelaria do Porto.
Conta com uma vasta experiência académica e profissional, tendo ficado conhecido no pais e no mundo como chefe de cozinha da Seleção Nacional de Futebol. Responsável pela alimentação dos craques no último europeu, sagrando-se também Campeão Europeu. É autor de vários livros como Gula Sem Pecado, “Á mesa com a nossa Seleção” e “Ao Sabor da Bíblia”.

Este nome carece ainda de confirmação, isto é: O chefe estará com a Seleção de Futebol na Taça das Confederações… e a possível falha do Chefe ao evento, significaria que a Seleção das Quinas estaria na tão desejada FINAL.

Chef Flávio Silva

Chef Flávio Silva

Villa Pampilhosa Hotel, Pampilhosa da Serra

Chefe de cozinha formado na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, repete a sua participação de 2015. Ao longo dos anos de formação, Flávio foi tendo inúmeras experiências em diversos locais… trabalhou em restaurantes, em hotéis de renome e em hotéis menos conhecidos. E assim foi crescendo “como um simples aprendiz Possui uma inclinação natural pela Pastelaria, porque Em 2006, viveu um grande momento da sua carreira ao participar no Concurso Pasteleiro Júnior… Criou o Bombom com Licor Beirão e alcançou o 1º Lugar nessa categoria. Em 2014, participou no Concurso Chocolatier Nacional no Festival de Chocolate de Óbidos e arrecadou o 2º Lugar. Apresentou o novo Bombom de Flor de Sal em Lisboa, ficou em 3º Lugar a nível internacional no Festival de Óbidos.

Ann Kristin-Liv Wenzel

Ann Kristin-Liv Wenzel

Chef - Flirt Gourmet

A segunda classificada do maior programa culinário televisivo, é um dos rostos mais dinâmicos do mundo da blogosfera, em Portugal. Entrou no programa televisivo para convencer as pessoas a verem para além da sua beleza, e não é que conseguiu mesmo? Com o seu jeito divertido, gosta de fazer twist’s nas receitas tradicionais, e encontrou em Portugal, um bom ponto de partida para o seu projeto Flirt Gourmet.
Também conhecida pelo seu famoso Bolo de Cenoura que corre Portugal de lés a lés nos supermercados Continente e encanta a cada colherada.
Tem 26 anos, nascida e criada na Dinamarca, vive em Portugal há 14 anos porque não aguenta o frio do norte da Europa. Já está a preparar com muito entusiasmo a sua vinda à próxima edição do Vagos Sensation Gourmet 17.

Carlos Lucas

Carlos Lucas

Enólogo Magnum Wines

É um dos enólogos mais respeitados do mundo dos vinhos em Portugal. Enólogo e proprietário da Magnum Wines, foi formado em Montpellier e em 2008 foi considerado pela Revista de Vinhos, Enólogo do Ano.

Tiago Vidreiro

Tiago Vidreiro

Chef Pastelaria Douro Palace Resort & Spa

Nascido em Vagos, fez a sua formação entre a EPADRV e a Escola de Hotelaria e Turismo do Porto. O seu trajeto Profissional dividiu se entre Palma de Maiorca, no Hotel & Spa S'Entador Playa e no Brockencote Hall Hotel em Birmingham (Reino Unido), onde passou os últimos anos.

Regressou a Portugal a procura de novos desafios, e encontrou no Restaurante Eça do Douro Palace Resort & Spa um local para expor toda a sua criatividade. Um profissional a acompanhar com muita atenção nos próximos anos.

Luís Gaspar

Luís Gaspar

Sala de Corte & Multifood, Lisboa | Chefe Cozinheiro do Ano 2017

O mais recente Chefe Cozinheiro do Ano, é natural de Leiria, Chefe de Cozinha do Restaurante Sala de Corte e do Delidelux Avenida em Lisboa e membro da Equipa Olímpica Sénior de Cozinha.
Passou pelo Pestana Palace Hotel & National Monument, Grande Real Villa Itália e Hotel Real Palácio, antes de ingressar na equipa da gigante Multifood, onde começou como Sub-chefe de Henrique Sá Pessoa.
Pela Equipa Olímpica Júnior já conquistou uma medalha de Ouro e prata no Campeonato do Mundo de Cozinha em 2010.
Pela Equipa sénior conquistou medalha de bronze nas Olimpíadas de Cozinha em 2016 .

Chef Elisio Bernardes

Chef Elisio Bernardes

Escola de Hotelaria e Turismo do Porto

Concluiu o seu curso na Escola de Hotelaria de Santa Maria Feira, tendo trabalhado com chefs de renome nacional, nomeadamente Chef Cordeiro e Chef Luís Américo. Trabalhou em diversos países, como Suíça, Hungria, Itália e Espanha. Elísio Bernardes, que não gosta de se intitular de Chefe mas de Amante de Cozinha, é um dos nomes em destaque no norte do país. Formador na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto, Chefe Executivo do Restaurante Book (Hotel Infante de Sagres) e da Kasa da Praia, é também o chef do conceito Food Mobile (Comida de Rua). De malas e bagagens no Porto desenvolve a sua cozinha de assinatura sempre em defesa dos sabores portuenses e sabores ancestrais, recorrendo aos produtos da época, genuinos e frescos para a sua cozinha de influência mediterrânica e criativa.

Cátia Goarmoon

Cátia Goarmoon

24 Kitchen

Define-se como "apresentadeira", que segundo a própria “é cozinheira e apresentadora ao mesmo tempo”. Foi assim que se deu a conhecer ao país no concurso televisivo MasterChef de que, reza a lenda, se não se tivesse lesionado, teria sido a grande vencedora. E é assim que também que podemos ver no formato Os Segredos da Tia Cátia, no 24Kitchen.
Para quem perdeu as emissões, a Chef Cátia lançou o livro com o mesmo nome. Se quiser ficar a conhecer os segredos da sopa da pedra e do cozido à portuguesa, mas também de outros pratos que tem vindo a aprimorar ao longo do tempo, só tem que se dirigir à livraria mais próxima e pedir o livro da Chef Cátia.
Apesar de se considerar uma especialista em “confort food” - daquela que conforta o estômago e a alma, não necessariamente por esta ordem de importância – a cozinha da Cátia já está num outro nível.

António Lopes

António Lopes

Wine Guru, Anantara Hotels, Resorts & Spas

Natural de uma terra conhecida pela qualidade da Água (Penacova), é no mundo dos vinhos que António Lopes se tem destacado entre os melhores.

Foi eleito Escansão do Ano 2014 pela revista WINE e distinguido pela Academia Portuguesa de Gastronomia com o Galardão Arte de Sala.

Formado na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra conta com uma vasta experiência na área, incluindo The Gleneagles (Escócia), Vila Vita (Algarve) e Foz Velha (Porto), antes de iniciar o seu percurso no Conrad Algarve, á frente da garrafeira do GUSTO by Henz Beck, lugar que o destacou.

Craig Grozier

Craig Grozier

Fallachan Dinning, Glasgow

É Chef executivo do Fallachan Dining, em Glasgow, na Escócia, um projeto ambicioso onde Grozier foi co-fundador e se entrega de alma e coração, trabalhando com produtos endógenos, de ata qualidade.

Craig Grozier viajou por praticamente todo o mundo, procurando expandir os horizontes de seu conhecimento culinário, desde o Peru até ao Japão, Austrália, Itália e Espanha, onde trabalhou com conceituados chefs estrelados. Desde o seu retorno ao Reino Unido, Craig tem procurado desafiar-se e ampliar seu conhecimento culinário e técnica usando o que ele aprendeu nas suas viagens, criando seu próprio estilo e filosofia culinária - local, sazonal, moderna.

Chef David Coelho

Chef David Coelho

Sheraton Lisboa

David Coelho nasceu em França, filho de pais portugueses aí radicados, e mudou-se para Portugal aos 5 anos. O gosto pela cozinha foi crescendo à medida que ia apreciando as deliciosas iguarias que a sua mãe cozinhava. Formou-se pela Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em 2002, contando com uma experiência de 8 anos em exigentes unidades hoteleiras, o que lhe valeu a distinção “Bib Gourmand” em 2008. Em 2010 decidiu dedicar-se a um projeto seu. Nascia o Mussiene. Atualmente é o Sub-Chef do Sheraton Lisboa.

Tiago Santos

Tiago Santos

A sua cozinha tem uma matriz portuguesa, de essência e raiz, com ligação à terra, ao lugar e à cultura. É isso que, para este jovem chefe de cozinha do restaurante do hotel Areias do Seixo, faz sentido. Licenciou-se em Geografia e Planeamento Regional, mas sempre acalentou o bichinho da cozinha. Seguiu-se o mestrado e, no ano sabático que tirou para escrever a tese de doutoramento, decidiu fazer um curso de cozinha no Estoril. Começou por ser uma brincadeira – cozinhar para os amigos – mas, ao fim de seis meses, a brincadeira transformou-se em paixão. E das sérias! Na altura, abandonou a tese e tudo o que havia a abandonar e dedicou-se de corpo e alma, a partir da cozinha, a levar ao lume – e à mesa – os nossos sabores e saberes portugueses.

Trabalhou com alguns chefes que foram marcantes, ainda que por pouco tempo, como o Franzner e o Dan Barber e fez um trabalho simplesmente brutal na Escola Técnico Profissional da Moita requalificação do currículo escolar português.

António Alexandre

António Alexandre

Lisbon Marriott Hotel

António Alexandre tem uma carreira de mais de 25 anos, e é atualmente Chefe executivo da cadeia de Hotéis Marriot, tendo sido distinguido em 2011 como o melhor chef do ano, entre os mais de 400 hóteis Marriot espalhados pelo mundo. Ao longo da sua carreira passou por espaços como Bica do Sapato, Hotel Aviz em Lisboa e Sesimbra Hotel & Spa, Fortaleza do Guincho e Palácio de Belmonte. Profundo conhecedor da gastronomia portuguesa, está muito habituado a cozinhar para clientes internacionais. Tenta, por isso, que os seus pratos espelhem o que de melhor se come no nosso país. Produtos e técnicas tradicionais portugueses elevados ao expoente máximo de exigência esperada num cartão postal ilustrado, que são os seus pratos e sabores. Em 2005, publicou 14 volumes da colecção “Comer Bem, Viver Melhor”, demonstrando a sua preocupação pela cozinha saborosa mas sempre saudável. É um dos mais respeitados chefes portugueses, tendo sendo ainda Juri de vários concursos nacionais como “A mesa dos Portugueses” ou “Chefs Academy” da RTP. Esta ligado a dois projetos ligados a dignificação de produtos portugueses, o “Endógenos” e o “NATURECooking”.

O Endògenos é uma nova interpretação de experiências enogastronómicas com o objetivo de preservar, dignificar e valorizar os produtos endógenos portugueses. O experience Naturecooking centra-se na Interpretação e Gestão da Paisagem pela Alimentação.

Este ano voltou a ser considerado o melhor entre os chefes de cozinha da cadeia Marriott.

Samuel de Rosa

Samuel de Rosa

Samuel da Rosa Natural de Monte Gordo, Algarve 33 anos, Formado cozinheiro pela Escola de Hotelaria e Turismo de Faro.

Baseado nas suas raízes algarvias, Samuel é um homem apaixonado pela cozinha, a sua e a dos outros, fundindo muitas vezes várias influências num só prato.

Ambicioso, criativo, combatente e louco quanto baste para servir os pratos que nascem dos seus devaneios gastronómicos.

Primeira vez na Vagueira, traz consigo um padrinho de peso...

José Pedro e Nuno Jorge

José Pedro e Nuno Jorge

Chocolatier e Sommelier

Dupla da Cacao di vine, o Chocolatier José Pedro e o Sommelier Nuno Jorge apresentam a melhor harmonia entre o mundo do chocolate e do vinho. José Pedro com passagens por alguns dos melhores restaurantes do mundo, Restaurante Feitoria 1*Michelin, Monument Hotel 5GL Barcelona e Lasarte 3*Michelin, e duas vezes chocolatier do ano no festival internacional do chocolate em Óbidos (2014 2015) Nuno Jorge natural do Seixo de Mira, sommelier habituado a trabalhar em restaurantes de luxo, como o Eleven (Lisboa) ou o Arcadas da Capela (Coimbra). Um dos fundadores de um projeto que muito tem dado que falar no panorama gastronómico nacional, a Cacaodivine. Para os apaixonados por vinho e chocolate as duas melhores matérias do mundo unidas numa só, aliados a uma imagem 100% Nacional em que a cortiça tem um papel importante, fazem da empresa um sucesso além-fronteiras.